Nota de Esclarecimento da Funcef

5



Sobre as matérias veiculadas na imprensa, citando a FUNCEF e o Diretor Carlos Borges, temos os seguintes esclarecimentos:


 1. O Diretor Carlos Borges não conhecia o Sr. Alberto Youssef, mas o recebeu, na qualidade de empresário, a pedido do Deputado André Vargas.


2. No encontro, o empresário apresentou proposta de investimento à FUNCEF. Entretanto, identificamos que o investimento proposto não se adequava à política de investimentos da Fundação, momento em que foi prontamente descartado.


3. Faz parte da rotina e atribuições dos Diretores, Gestores e Técnicos da Fundação atender gestores, empresários, consultores e técnicos de empresas e bancos para apresentarem seu portfólio de produtos e projetos para análises e possíveis parcerias com a Fundação. Este processo é disciplinado por normativos internos e legais que envolvem criteriosas avaliações econômico-financeiras, riscos, conformidade, jurídica, estratégia e governança, com emissão de pareceres técnicos das diversas áreas da Fundação e amplo processo negocial que suportam deliberação pelos órgãos estatutários da FUNCEF.


4.  A FUNCEF não tem parceria, negócios ou está analisando qualquer projeto com empresas vinculadas ao Sr. Alberto Youssef.


 5. O Diretor Carlos Borges conhece o Deputado André Vargas em razão das funções institucionais que ambos exercem.




Nos colocamos à disposição para os esclarecimentos adicionais que se fizerem necessários.


Fundação dos Economiários Federais – FUNCEF.