Facebook Twitter You Tube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras


Notícias

  22/09/2017 

PALESTRA NA ACEA, DIA 21/09/2017, SOBRE DÉFICIT/FUNCEF.

Fotos

Caros colegas, bom dia,

Alguns colegas não puderam ir pra nossa Reunião/Palestra, na sede da Associação dos Aposentados do Ceará - ACEA, porém me pediram pra fazer um RESUMO do que foi tratado na ocasião, principalmente as Causas do DÉFICIT e o Impacto nos nossos Benefícios (Aportes de 10,68%, até agora).

Desde já peço desculpas se o Texto ficar longo, mas é o Resumo de uma Palestra interativa, que durou mais de 2 horas, com pessoas atentas e com olhar atônito...

Tal qual fizemos ontem, vou ser direto e reto:

Os Déficits foram provocados por diversos fatores, dentre os quais se destacam:

- Gestão Temerária (Investimentos de Alto Risco, muitas vezes, "Meras Aventuras", cujos projetos são simples apresentações em PowerPoint e planilhas em Excel, ou seja, meros papéis coloridos...

Por isdo são conhecidos no mercado como "Greenfield = Campo Verde", cujas plantas não produziram nenhuma espiga, onde não houve colheita, onde não há safra, etc., onde a "Seca", a "Chuva", a 'Geada", ou os "Pragas", tipo Gafanhotos, Lagartas, Formigas, Passaros, etc. podem destruir nossa "Riqueza", etc.

- Má Gestão (conforme está sendo constatado nas Apurações da CPI dos Fundos de Pensão, que indiciou 306 pessoas, encaminhando os Dossiês para a PF, MPF e Justiça Federal, que resultaram em várias operações, como por exemplo, a Greenfield, que levou a Prisão de vários Gestores, além de "Busca e Apreensão de dados, documentos e até equipamentos, dentro da FUNCEF e nas sedes de algumas empresas 'Beneficiárias', gerando Provas, que foram anexadas a processos que estão em andamento, buscando recuperar o Patrimônio da FUNCEF), etc. etc. etc.

 

Tudo isso agravado com a Crise que se abateu sobre a Economia Brasileira, nos últimos anos, etc., provocaram um Rombo na FUNCEF de mais de R$ 20 Bilhões.

Agora o nosso grande DESAFIO é Reunirmos todas as pessoas e entidades, que estejam dispostas a encontrar saídas para esse imbróglio.

Algumas das propostas que estão em discussão passa por:

- Apuração de Responsabilidades de toda e qualquer pessoa (física e jurídica), que causou algum prejuízo á FUNCEF;

- Execução e Cobrança às Pessoas (Físicas e Jurídicas) que se 'Beneficiaram' dessas Operações, levando 'Vantagens Indevidas', causando prejuízos a nós, os meros Participantes, que nada fizemos pra sofrer esse abalo nas nossas finanças.

- Cobrança e Responsabilização da CAIXA que indicou uns "Cabra sem Futuro" pra Administrar a FUNCEF.

- Exigir do Governo a reposição do nosso Patrimônio já que ele foi e é responsável por esse descalabro, etc.

- A nossa parte já está sendo Cobrada e Paga, se não vejamos:

Enquanto não se conclui esses levantamentos, e não se consegue chamar esses "Atores e Autores" à responsabilidade, a legislação obriga à FUNCEF a fazer um "Plano de Equalização", para Reequilibrar os Planos de Benefícios, cobrando em PARIDADE, ou seja, 50% da Patrocinadora e 50% dos Participantes.

Mais conhecido como APORTE, ele incide de modo diferente, conforme o modelo do Plano (BD/CD/CV) *

Exemplo:

a) Debitado/reduzido da Reserva Matemática dos Ativos (base de cálculo da Aposentadoria)

b) Debitado no Benefício dos Aposentados (Contracheque), com o título/rubrica: "Contribuição Extraordinaria".

(*) BD = Benefício Definido

CD = Contribuição Definida

CV = Contribuição Variável.

Obs.1: Do Total do Déficit de mais de R$ 20 Bilhões, está sendo Equacionado até agora, menos da Metade (R$ 9 Bilhões), correspondente a 10,68% do Benefício, relativo aos Déficits apurados entre os anos de 2012/2014 (2,78%) e ao ano de 2015 (7,86%).

Teremos novos Aportes nos próximos Anos, relativos aos Saldos dos DÉFICITs citados acima e ainda não Equacionados.

Importante Notar: Isso não significa que teremos novos DÉFICITs a partir de 2017.

Obs.2: O pessoal da ATIVA já estava pagando o APORTE de 2014 (2,78%), só que, dependendo do Plano, isso não ficava exposto ou 'Visível', pois era abatido da sua Reserva Matemática (base de cálculo do Benefício na Aposentadoria), mas agora quem se Aposentou, passou a ver no Contracheque.

APESAR DE TODOS OS NOSSOS ALERTAS, desde 2014, incrementados em 2015, e "Gritados em 2016", quando houve o 1° Aporte, só agora com a implantação do 2° Aporte, tendo atingido o sufocaante 10,68%...

Foi aí que a coisa começou a PEGAR... muito mais pessoas passaram a reclamar e, principalmente, querer saber como isso aconteceu...

Ouve-se muito agora a seguinte frase:

"Como pode ser "Debitado" no meu humilde contracheque, que já está "Recheado de Consignações", 10,68%, ???"

E finalizam com frases lapidares:

"ESSA CONTA NÃO É MINHA"

"TOMA CAIXA QUE ESSE FILHO É TEU"

"CAIXA 100% RESPONSÁVEL"

Etc. Etc. Etc.

Apesar da Aridez do Tema (ou seria Temer), espero ter esclarecido, um assunto chato e doloroso, principalmente, porque estamos pagando uma coisa que não demos Causa. Equivale a pagarmos uma "Diferença de Caixa", do colega do lado, da Bateria de Caixas.

Outra analogia seria: "Estamos pagando um Consórcio, por 17 Anos, de um Bem Valioso, mas não vamos receber esse Bem. Alguém está usando ele por Nós..."

 

Fortaleza, 21/09/2017

 
 

 

Link:
Última atualização: 22/09/2017 às 17:24:34
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
Lei os termos de uso

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

CTB CNTS